Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Acervo museológico
Início do conteúdo da página

Acervo museológico

Publicado: Quinta, 16 de Fevereiro de 2017, 14h27 | Acessos: 5937

O Acervo Museológico reúne instrumentos científicos, máquinas e motores, equipamentos fotográficos e de comunicação, mobiliário e esculturas. Totaliza mais de dois mil objetos representativos do Patrimônio Cientifico e Tecnológico do Brasil.

Em destaque o rico conjunto de instrumentos oriundos do Imperial Observatório do Rio de Janeiro, atual Observatório Nacional, que contempla a história de diferentes áreas de pesquisa e atividades desenvolvidas pela instituição desde o século XIX - astronomia, geodésia, meteorologia, medição do tempo, geofísica e espectroscopia. A coleção foi tombada, em 1986, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN - e, em 1987, pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural - INEPAC.

O acervo foi ampliado com objetos e instrumentos provenientes do Centro de Tecnologia Mineral, do Instituto de Engenharia Nuclear e do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, institutos de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações .
A Política de Aquisição e Descarte de Acervos orienta essa coleta.

Complementam o Acervo Museológico catálogos e manuais de fabricantes de instrumentos e equipamentos. Dentre os fabricantes representados no acervo do MAST figuram marcas de prestígio da indústria de precisão nos séculos XIX e XX, como Brunner Frères, P. Gauthier, Pellin, Carl Zeiss, T.Cooke and Sons e Kelvin, Bottomley & Baiard Ltd., além dos construtores brasileiros José Maria dos Reis e seu sucessor José Hermida Pazos.

Para divulgar a coleção de instrumentos científicos, são elaboradas e montadas exposições, publicados livros, inventários e catálogos e produzidos multimídias, que permitem uma melhor compreensão sobre o funcionamento e os contextos em que foram utilizados.

Parte representativa desse acervo encontra-se em exposição permanente no MAST, o que é uma iniciativa inédita no país.

Para maiores informações clique aqui

Fim do conteúdo da página