Fevereiro | 2014 • Boletim Mensal • 8ª edição

Caro leitor,

Nesta edição do Portal InforMAST, você tem informações sobre a retomada das atividades do projeto de inclusão Científica, desenvolvido pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) em parceria com o Instituto TIM. Saiba mais no “Vale a pena conferir” que apresenta também matérias sobre a abertura da exposição “Eclipse e o Presidente”, o Curso sobre Gestão de Acervos Bibliográficos e a prorrogação da exposição sobre química.

Na entrevista do “Papo de Cúpula”, o pesquisador Ronaldo de Almeida fala sobre o “Brincando com a Ciência”, atividade que apresenta temas científicos de forma descontraída e interativa, utilizando princípios científicos para estimular o pensamento, a capacidade de questionar e a criatividade.

O destaque do mês de “A Ciência que eu faço” é André Luiz Lima da Costa. No vídeo, ele apresenta sua linha de atuação, mais precisamente, o desenvolvimento de jogos e simuladores. Destacando alguns projetos desenvolvidos pelo SENAI, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

Em "Aconteceu no MAST", você encontra informações sobre o Mestrado Profissional do MAST aprovado pela Capes e sobre a Cartilha de Orientações Gerais para Preservação do Patrimônio Cultural de C&T. E em “Papers e Periódicos”, os artigos “Em busca da experiência turística no Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte” e “A revista Saúde em Debate como fonte e objeto de estudo”.

É possível rever as edições anteriores do Portal, disponíveis no Arquivo InforMAST. Além de ver a programação de fevereiro do MAST e consultar a base de dados do Arquivo de História da Ciência, da Biblioteca, dos Catálogos de Fabricantes e de Instrumentos Científicos.

Venha conhecer um pouco mais dos trabalhos realizados no MAST!

Arquivo InforMAST
Papers e Periódicos

"Em busca da experiência turística no Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte"

Publicado em "Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio – PPG-PMUS Unirio | MAST - vol. 4 no 2 – 2011".
Maíra Freire Naves Corrêa
Sibele Cazelli

A revista Saúde em Debate como fonte e objeto de estudo

História da Ciência saude-Manguinhos vol.20 supl.1 Rio de Janeiro nov. 2013.
Daniela Carvalho Sophia

Base de dados MAST
Links

MCTI - Institucional

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

MCTI - Institutos

Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

IBRAM

Instituto Brasileiro de Museus

CNPq

Conselho Nacional de Desenvolvimeto Científico e Tecnológico

FAPERJ

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro

RNP

Rede Nacional de Ensino e Pesquisa

CAPES

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

FINEP

Financiadora de Estudos e Projetos

VALE A PENA CONFERIR

Museu de Astronomia prorroga exposição sobre Química até agosto de 2014

Inaugurada em dezembro de 2012, a mostra, que tem curadoria de Heloisa Maria Bertol Domingues, diretora do MAST, será prorrogada até 31 de agosto de 2014.
Leia mais...

Itajubá recebe a exposição “O Eclipse e o Presidente”

A mostra estará aberta ao público até o dia 25 de maio de 2014 no saguão da Biblioteca Mauá no campus da UNIFEI. A entrada é gratuita.
Leia mais...

MAST promove Curso sobre Gestão de Acervos Bibliográficos

De 07 a 09 de maio, serão discutidas questões inerentes à gestão de coleções especiais em bibliotecas, priorizando a formação e desenvolvimento de coleções e ações de preservação de acervos científicos.
Leia mais...

Papo de Cúpula
Ronaldo de Almeida | Pesquisador

Ronaldo de Almeida é pesquisador titular da Coordenação de Educação em Ciências do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Biólogo, escolheu a modalidade ecologia por esta tratar de várias ciências ao mesmo tempo. “A ecologia trabalha com uma unidade chamada ecossistema. Eu sou um 'misturado cientificamente'. Gosto de biologia, de física, química, matemática”.

A sua trajetória profissional é muito interessante. Antes de seguir o caminho das Ciências Biológicas, Ronaldo foi fotógrafo, passando das fotografias macro às microscópicas, e trabalhando ainda com fotografias jornalísticas. Mas, desde o final da década de 1980, atua principalmente na área de divulgação e educação em ciências, na concepção e produção de recursos educacionais no MAST.

Dentre os seus trabalhos desenvolvidos na instituição, destaca-se a tradicional oficina “Brincando com a Ciência”. Uma atividade que tem o objetivo de despertar o interesse em ciência apresentando temas científicos de forma descontraída e interativa. São invenções construídas com objetos domésticos que demonstram, aos participantes, fenômenos de ordem mecânica, ótica e sonora.

“A ideia no começo não é entender, é perceber, fazer 'aquela coisa' funcionar. Além de ser material simples, tudo é montado de forma extremamente clara, não tem nenhuma caixinha escura, é tudo visível. Um conjunto de peças montadas que formam um experimento científico. E o material utilizado não é barato, não é simples, não é sucata: tem que ser doméstico”.

Essa atividade era apresentada no 1º domingo de cada mês, das 16h às 18h. Eram espalhados “kits” em 10 a 15 mesas próximas ao Pavilhão da luneta equatorial de 21cm. Em seguida, os visitantes eram encaminhados ao programa de observação do céu que também acontecia no domingo. E quem participava era o público dos finais de semana, formado por famílias: filhos, pais, crianças de colo, avós, amigos, vizinhos.

Com o tempo, Ronaldo e Douglas Falcão, criaram um curso para pais/professores, que participavam dessa atividade, a partir de dúvidas e dificuldades que apresentavam e que iam além da brincadeira. No curso, que acontecia nos fins de semana, eram abordados assuntos como, por exemplo, “as estações do ano” ou “o que é cor primária”. “A gente começou a realizar cursos, não cursos do brincando com a ciência, mas cursos pra quem queria saber um pouco mais de ciência”.

“Eu atribuo a esse curso uma das grandes coisas que eu fiz no Museu. Auxiliávamos professores ou interessados em ciência de uma forma muito agradável. Porque o método era esse, não tinha prova, certificado, era somente aprendizado. Sempre fiz esse curso com muita satisfação”. Hoje o “Brincando com a Ciência” acontece somente em eventos como a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, a Reunião Anual da SBPC, a Semana de Astronomia, o Turismo Cultural do Bairro Imperial de São Cristóvão, o Museu vai à Praia, o Museu vai à Feira.

PROGRAMAÇÕES EDUCATIVAS SEMANAIS

Planetário inflável digital

1º e 2º sábado - 15h e 17h
1º e 2º domingo - 15h e 17h
5º domingo - 15h, 16h e 17h

Ciclo de palestras

1º sábado - 16h

Brincando de matemático

3º domingo - 16h

Faça você mesmo

4º domingo - 16h

Contando mitos

5º sábado - 16h

Visita orientada

3º, 4º e 5º sábado - 15h e 17h
1º e 2º domingo - 16h
3º, 4º e 5º domingo - 15h e 17h

Cine ciência

2º sábado - 16h

Observação do céu

1º, 3º, 4º e 5º sábado - 17h30 às 20h
Todas as quartas - 17h30 às 20h

ASTROmania

3º sábado - 16h

Cozinhando com a química

4º sábado - 16h

A Ciência que eu Faço

O projeto coordenado pela jornalista Vera Pinheiro reúne uma série de entrevistas, em formato de filmes de curta duração, voltadas para professores e estudantes do ensino fundamental e do ensino médio, mostrando a ciência que se faz no nosso país, em especial, as pesquisas que estão sendo realizadas nas Unidades de Pesquisa ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – ou, financiadas pelas agências ligadas ao MCTI.


Destaque do mês

André Luiz Lima da Costa

Graduou-se no curso de Sistemas de Informação, no ano de 2008, na União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME). Em 2011, concluiu sua Especialização em MBA em Gestão da Informação e Projetos de BI pela Universidade Salvador (UNIFACS). No ano de 2013 cursou o mestrado em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial pelo SENAI CIMATEC.

Ele apresenta sua linha de atuação, desenvolvimento de sistemas, mais precisamente, desenvolvimento de jogos e simuladores, área muito procurada. Destaca também alguns projetos desenvolvidos pelo SENAI, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, filiado à CNI, Confederação Nacional da Indústria.

Assista outros depoimentos no site:
http://acienciaqueeufaco.mast.br

Aconteceu no MAST

Capes aprova Mestrado Profissional
do MAST

Curso aprovado, em dezembro de 2013, tem o lançamento do edital e o processo seletivo previstos para o 2º semestre de 2014, com início das aulas em março de 2015.
Leia mais...

MAST disponibiliza Cartilha de Orientações Gerais para Preservação do Patrimônio Cultural de C&T

A Cartilha é um dos produtos do projeto “Valorização do Patrimônio Científico e Tecnológico Brasileiro”, elaborado a partir da identificação de necessidades básicas no âmbito das instituições que possuem conjuntos desses objetos que merecem ser preservados.
Leia mais...

Dicas Sustentáveis

Verão e Altas Temperaturas

Com o verão carioca, vieram as altas temperaturas, como era esperado. Mas as chuvas ainda não surgiram. O verão mais quente dos últimos 30 anos permanece castigando o território carioca com muito calor e nenhuma chuva. O período de seca no Rio de Janeiro está causando um colapso do sistema energético do estado, assim como no sistema de distribuição de água.

Com o calor extremo o uso de aparelhos eletrodomésticos aumentou bastante e consequentemente o consumo de energia cresceu, bem como o consumo de água. Com a falta de chuvas, o risco de um “apagão” e de maiores problemas na distribuição de água são iminentes. Por isso, são necessárias medidas de racionamento por parte de todos para evitar os problemas.

Dentre tantas maneiras de racionar energia, pode-se ter o uso mais racional dos eletrodomésticos, como o ar condicionado, o maior “vilão” do consumo. A arborização dos ambientes, bem como de prédios e ruas é uma das maiores soluções para amenizar a temperatura ambiente e reduzir os gastos energéticos.

Já no caso do racionamento de água, a melhor alternativa é fazer uso da água de forma pontual. Por exemplo, acumular um pouco mais de peças de roupa para lavar, banhos rápidos, sempre fechando a torneira a qualquer paralisação da utilização da água, entre tantas outras. Essas medidas se fazem mais do que necessárias nesse cenário de água escassa que o estado enfrenta.

Fonte: www.noticias.band.uol.com.br

Expediente

Diretora do MAST

Heloisa Maria Bertol Domingues

Chefe do Serviço de Comunicação Social
e Atendimento ao Público

Vera Pinheiro

Idealizadores do Projeto

Lorena Kovac • Omar Martins • Vitor Dulfe

Jornalista / estagiário

Geisa Castro • Thiago Silva

Projeto Gráfico | diagramação

Vitor Dulfe

Diagramadores / colaboradores

Gustavo Mamede • Henrique Rocha • Leonardo Pessoa

 


Realizado pelo Serviço de Comunicação
Social e Atendimento ao Público (SCS)
do MAST

Tel.: 21•3514-5229
atendimento@mast.br
www.mast.br