Ir direto para menu de acessibilidade.
Museologia > Uncategorised > Pavilhão do círculo meridiano de Gautier
Início do conteúdo da página

Pavilhão do círculo meridiano de Gautier

Criado: Quinta, 16 de Março de 2017, 12h28 | Acessos: 3361

O círculo meridiano de Gautier, instrumento que possui uma objetiva de 190 mm de diâmetro, foi construído por Paul Ferdinand Gautier, importante nome da indústria francesa de precisão da segunda metade do século XIX. Encomendado em 1891 e finalizado dois anos mais tarde, em 1900, foi instalado em um abrigo provisório de madeira na antiga sede do Observatório Nacional, no Morro do Castelo.

Em 1913, foi encomendado à firma Carl Zeiss um abrigo de madeira com uma cúpula meridiana de estrutura de ferro para instalar o instrumento. Sérios problemas na montagem da cúpula motivaram a realização de vários reparos. Apenas em 1928 tiveram início as observações do Serviço Meridiano para a determinação da hora pela passagem de estrelas. Para as medições efetuadas no círculo meridiano, utilizava-se uma pêndula sincronizada, fabricada por L. Leroy & Cie., e um cronógrafo impressor da Gaertner Precise Instrument Company of Chicago.

Entre os anos de 1980 e 1985, o pavilhão foi parcialmente desmontado, permanecendo apenas o vestíbulo em alvenaria e a base de abrigo do instrumento. Em 2003, teve início o processo de restauração do círculo meridiano, com o apoio da Fundação VITAE.

Voltar

Fim do conteúdo da página