Ir direto para menu de acessibilidade.
Últimas Notícias > Aula inaugural do Programa Com Futuro e Sem Medo
Início do conteúdo da página

Aula inaugural do Programa Com Futuro e Sem Medo

Parceria do MAST com a ONG SerCidadão capacita jovens da região de São Cristóvão e adjacências em Jardinagem e Paisagismo

  • Criado: Quarta, 22 de Maio de 2019, 16h55
  • Acessos: 321

Nesta quarta-feira (22), o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) e a organização SerCidadão deram o pontapé inicial no Programa Com Futuro e Sem Medo que dará cursos de capacitação profissional a 25 jovens com idades entre 18 e 29 anos, moradores de comunidades do bairro de São Cristóvão e também da Baixada Fluminense.

A Aula inaugural da nova turma de Iniciação Profissional em Jardinagem e Paisagismo contou com as presenças da Diretora do MAST, Anelise Pacheco, da Presidente da SerCidadão, Letícia Monte, da Diretora Executiva da ONG, Maria Emília Lobato, além da representante do departamento de Responsabilidade Social do SENAC, Daniely Oliveira, e do Coordenador do Centro de Responsabilidade Socioambiental do Jardim Botânico, João Carlos Silva. O curso terá duração de cinco meses, com atividades de formação básica, formação específica, vivências práticas e formação complementar.

A Diretora do MAST deu as boas-vindas aos alunos, entidades parceiras e convidados, apresentando os integrantes da Coordenação de Educação em Ciências do MAST, que participarão efetivamente do curso: Flávia Requeijo, Omar Martins e Carlos Henrique Zeferino. "O MAST existe por causa de vocês. Eu tive o primeiro contato com os jovens da SerCidadão quando fui diretora do Museu da República, num convívio que durou uns 10 anos. Eu já estava sentindo falta dessa convivência e espero que este seja o primeiro de muitos cursos", afirmou Anelise Pacheco.

Já a Presidente da SerCidadão apresentou brevemente a organização, informando que uma das premissas que estão no DNA da ONG é a de estar presente em espaços públicos como o MAST, o Museu da República e o Arquivo Nacional. "Boa parte dos nossos alunos não conhecia as instituições federais em que estavam fazendo os cursos. Eles precisam ocupar esses espaços também, já que são mantidos com os impostos que todos pagamos. O Arquivo Nacional guarda parte da documentação histórica do Brasil, como por exemplo, processos da Operação Lava-Jato. Nosso objetivo também, além de dar capacitação profissional, também é proporcionar um espaço de reflexão sobre a própria vida deles e sobre as opções que poderão ter no futuro, como o incentivo ao empreendedorismo, por exemplo", disse Letícia Monte.

Gerente de Programas da SerCidadão, Francisco Jorge dos Santos, explicou brevemente como serão as etapas do curso: entre a segunda quinzena de maio e a segunda quinzena de outubro, serão as atividades de capacitação profissional; depois, até a primeira quinzena de dezembro, serão realizados os trabalhos de capacitação para a inserção no mercado de trabalho, tanto no auxílio à participação nos processos seletivos de empresas, quanto no treinamento de inserção ao empreendedorismo. "A atuação da SerCidadão se dá em três eixos: Cultura, Trabalho e Educação. Na Cultura, as atividades no campo da cultura se tornaram grandes aliadas da SerCidadão. No Trabalho, os cursos de capacitação profissional têm o objetivo de proporcionar a formação inicial e continuada, de modo contribuir para inserção do educando no mercado de trabalho e a geração de renda. E na Educação, os projetos são voltados para a aprendizagem formal, com viés complementar, para despertar no educando a vontade de aprender e querer saber mais e melhor", afirmou Francisco Jorge.


registrado em:
Fim do conteúdo da página