Ir direto para menu de acessibilidade.
Últimas Notícias > Dias de Diversão e Conhecimento no Museu de Astronomia
Início do conteúdo da página

Dias de Diversão e Conhecimento no Museu de Astronomia

Programação de Férias no MAST presenteou o público com atividades lúdicas de popularização das ciências

  • Publicado: Sexta, 12 de Julho de 2019, 11h08
  • Acessos: 568

Para comemorar os 50 anos da viagem espacial que levou o Homem pela primeira vez à Lua, dando uma perspectiva diferente sobre a vida na Terra, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) e o Observatório Nacional (ON) realizaram dois dias de atividades comemorativas pelo sucesso daquela missão que entrou para a história da ciência: Férias no MAST - Partiu Apollo 11! O cinquentenário daquela bem-sucedida operação dos astronautas americanos foi celebrado com muita alegria nos dias 16 e 17 de julho. Nem o tempo nublado e chuvoso foi capaz de atrapalhar essa jornada de conhecimento, que contou com a realização de oficinas de astronomia, palestras e muitas atrações para contar às crianças, jovens e adultos um pouco da história sobre o voo tripulado que permitiu o Homem pisar e explorar a Lua pela primeira vez.

Foram dias repletos de atividades e muita diversão para os cerca de 800 visitantes que ocuparam todos os espaços do Campus ON/MAST e conheceram diversas iniciativas de divulgação científica. Um dos destaques da programação foi a Oficina de Foguetes desenvolvida pelo Grupo de Foguetes do Rio de Janeiro (GFRJ), que abordou conceitos como inércia, pressão, força, ação e resistência do ar, ensinou o público a construir o seu próprio satélite de coleta de dados e, claro, ensinou os pequenos a lançar no ar protótipos de foguete.

Já a oficina Brincando com a Ciência, explicou os princípios científicos que são necessários para lançar o foguete feito de garrafa pet no céu. O público se concentrou e fez contagem regressiva para acompanhar o lançamento do aparato. Além de conhecimento, também foi preciso ter fôlego para bombear o ar para dentro da garrafa-foguete e fazê-la ganhar altura no gramado em frente ao museu. Quem esteve na Biblioteca do MAST pôde conhecer as fábulas da Via Láctea narradas na oficina de Contação de História, que encantou os pequenos com as maravilhas do Universo.

Os visitantes puderam ver estruturas como manchas solares, protuberâncias e filamentos no Programa de Observação do Sol, que permitiu que o público analisasse o astro de forma segura, através de filtros, projetores e telescópios especiais. Já a Gincana dos Planetas e a Busca ao Tesouro conseguiu colocar pais e filhos juntos para desvendar o mistério escondido em algum lugar do Museu. Atrás das pistas para solucionar os enigmas, os participantes conheciam detalhes sobre o Sistema Solar. E claro, no Planetário Inflável Digital, toda a família ficou encantada e se divertiu com as histórias da Via Láctea.

 

E quem visita o MAST e o ON não deixa de conhecer as históricas lunetas que fazem parte da história da ciência. O público viu de perto a Luneta Equatorial de 21cm e também a reabertura da fantástica Luneta Equatorial 46cm, o maior telescópio refrator do Brasil. Infelizmente, por conta das condições climáticas, não foi possível realizar o Programa de Observação do Céu. Entretanto, uma série de iniciativas foram realizadas dentro das cúpulas para fazer os visitantes admirarem a beleza dos telescópios. O público participou da atividade Realidade Virtual: viagem à Lua, simulou a jornada lunar com óculos VR, e acompanhou uma série de bate-papos com cientistas, apresentando palestras interativas para contar a história da efeméride.

O Férias no MAST - Partiu Apollo 11 foi uma oportunidade, não apenas para celebrar e conhecer a história da viagem espacial que entrou para a história da humanidade, mas para mostrar que o Museu, além de ser um local que guarda um dos acervos mais importantes da história da ciência e da tecnologia no Brasil, é também um espaço lúdico, voltado ao lazer, diversão e muito conhecimento.

Clique AQUI e confira mais imagens do evento

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página