escudo roda Mawü Ticuna

O Céu Ticuna

A exposição articula visualmente o movimento dos corpos celestes nas viagens de Curt Nimuendajú em 1941 e 1942 para a área dos Ticuna com a iconografia dos artefatos coletados nestas mesmas viagens. Primeiramente, correlacionaremos o uso do conhecimento indígena sobre o céu e a sazonalizade das chuvas e da estiagem e suas estratégias de subsistência em termos dos recursos agrícolas e pesqueiros. Tal conhecimento se baseia na cosmovisão Ticuna. Embora a interpretação indígena não coincida exatamente com as explicações científicas hoje válidas sobre o movimento dos planetas e estrelas no céu, as técnicas de identificação do céu permitem contrapor a visão de mundo indígena e as classificações universalmente aceitas em Astronomia.

Downloads

Release
Catálogo
Cartas Celestes


Ficha Técnica

Curadoria

Priscila Faulhaber

Elaboração

Priscila Faulhaber e Roberta Dittz

Rundsthen V. Nader

Design

Roberta Dittz

Museografia

Ivo Almico

Apoio

Programa de Iniciação Científica do CNPq/MAST

Programa de Produtividade de Pesquisa do CNPq

Coordenação de História da Ciência do Museu de Astronomia e Ciências Afins

Comunidades Ticuna

Fotos

Priscila Faulhaber

Miguel Chicaoka

Roberta Dittz

Indumentárias e Instrumentos Rituais da coleção de etnologia do Museu Paraense Emílio Goeldi e Museu Nacional